Eduardo Monteiro

Premiado em diversos concursos de piano no Brasil, Monteiro obteve reconhecimento
na Europa ao vencer o III Concurso internacional de piano de Colônia em 1989
e receber o prêmio pela melhor performance do Concerto n. 4 de Beethoven. Foi ainda
laureado nos Concursos Internacionais de Dublin (1991) e de Santander (1992)
(Paloma O’Shea Santander International Piano Competition). Em 2004 e em 2005,
Eduardo Monteiro foi agraciado com o prêmio Carlos Gomes, oferecido a artistas que
se destacam no segmento de música clássica.
É atualmente vice-diretor da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São
Paulo. Entre seus alunos se inclui Cristian Budu (vencedor do Concurso Internacional
de Piano Clara Haskil, 2013).

Érika Ribeiro

A pianista Erika Ribeiro é considerada uma das artistas mais expressivas de sua
geração.
Erika tem se apresentado como solista nas principais salas de concerto do país, como
na Sala São Paulo, Sala Minas Gerais, Theatro Municipal de São Paulo, Theatro Pedro II,
Cidade das Artes e Sala Cecília Meirelles. Já atuou à frente das orquestras: Sinfônica
Brasileira, Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, Filarmônica de Gaia (Portugal),
Filharmonia Kaliska (Polônia), Orquestra Experimental de Repertório, Orquestra
Sinfônica do Espírito Santo, entre muitas outras, e realiza com frequência parcerias ao
lado de destacados maestros e músicos como Emmanuele Baldini, Francesca
Anderegg, Quinteto Villa-Lobos, Luis Leite, Carlos Prazeres, Tatiana Parra, entre muitos
outros.
Além de sua intensa atividade como musicista, é também professora da Universidade
Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO, onde em 2013 assumiu a cátedra de
Piano, Música de Câmera e Recital.

Ronal Silveira

Doutor em práticas interpretativas pela UNIRIO e detentor de 17 prêmios em
importantes concursos de piano, Ronal Silveira foi professor de Piano do Conservatório
Brasileiro de Música e da UNIRIO, e atualmente leciona na Escola de Música da UFRJ,
onde também atua como Diretor Adjunto de Extensão.
Nos últimos anos tem desenvolvido uma pesquisa interdisciplinar entre neurociência e
aprendizagem pianística envolvendo pianistas e professores.

É sobre esse trabalho que Ronal vai nos falar durante nosso 2º Encontro de Pianistas
Amadores:

Preparação Emocional do Intérprete
— O relaxamento muscular e emocional
— Principais problemas durante a apresentação
— A respiração e o controle da ansiedade
— Programação Neurolinguística e Auto-hipnose
— Exercícios Práticos

Patrícia Mol

Patricia Mol, pianista pós-graduada em Pedagogia do Piano, foi  professora do
Conservatório Brasileiro de Música e da Escola de Música da UFRJ. Como
pesquisadora, seu trabalho de mestrado investigou o uso do pedal no repertório do
século XX e atualmente desenvolve uma tese de doutorado cujo tema aborda o
conceito de humor na música.
Veja aqui o tema da palestra que Patrícia Mol dará em nosso encontro seguida de
demonstração prática com os alunos:
O Pedal e os Diferentes Períodos da Música Erudita
— História do pedal
— Mecanismos dos pedais
— Tipos de pedalização
— Aplicação no repertório de diferentes períodos