Está no ar mais um episódio de As Compositoras, dessa vez reescreveremos a história de uma das maiores mulheres da música erudita, a Amy Beach, confira no player abaixo:

Amy Marcy Cheney Beach nasceu em uma pequena cidade americana em 1867, e logo no início da infância ela já se mostrava ser uma criança prodígio, já conseguia cantar 40 músicas diferentes com apenas um ano de idade, aprendeu contraponto aos dois anos e aos três aprendeu a ler sozinha.

Amy começou a ter aulas de piano aos 6 anos e logo recebeu algumas propostas, recusadas pela sua mãe, por achar que sua filha era muito nova para realizar concertos. Em sua estreia aos 16 anos, Amy conseguiu deixar o seu público “entusiasmado ao extremo”, conseguindo agradar a crítica mesmo na sua estreia.

Como previam, ela se tornou uma das maiores compositoras da história, conseguindo o feito de ter uma peça sua tocada pela Sociedade Handel e Haydn, em 1892, foi a primeira vez na história que a orquestra havia executado uma peça composta por uma mulher.

Depois ela publicou também a primeira sinfonia composta e publicada por uma mulher americana, nomeada Gaelic Symphony. Amy conquistou inúmeros prêmios e certificações, sendo considerada até hoje uma das maiores mulheres da história da música erudita.